domingo, 25 de março de 2012

Administração Eficiente do Caixa



O Ciclo Operacional é o período que se inicia com a aquisição das matérias-primas e se encerra com o recebimento dos produtos vendidos.

Ciclo Operacional = PME + PMC

Onde: PME – Prazo médio de estocagem; PMC – Prazo médio de cobrança.

Como exemplo, a empresa ABC S.A possua um prazo de estocagem de 85 dias e um prazo médio de cobrança de 70 dias, possui um ciclo operacional de 155 dias, resultado do somatório do PME com o PMC.

Entretanto, na grande maioria das vezes, a empresa compra estas matérias-primas a prazo, sendo o intervalo de tempo entre o dia da aquisição das matérias-primas e o efetivo pagamento destas, chamado de Prazo de Médio de Pagamento aos Fornecedores – PMF.

O Ciclo de Caixa é o período que se inicia com o pagamento das matérias-primas adquiridas e se encerra com o recebimento dos produtos vendidos. Assim, pode-se dizer que a diferença entre o ciclo operacional e o ciclo de caixa é o PMF:

Ciclo de Caixa  = PME + PMC – PMF

Ou

Ciclo de Caixa  = Ciclo Operacional - PMF


No exemplo dado anteriormente, no qual o ciclo operacional foi 155 dias, se o PMF for 35 dias, o ciclo de caixa será 120 dias:

Ciclo de Caixa  = Ciclo Operacional - PMF
Ciclo de Caixa  = 155 – 35
Ciclo de Caixa  = 120 dias.

Para pensar: Imagine que a empresa ABC S.A investe anualmente R$ 36 milhões no ciclo operacional. Analisar a economia que a empresa teria caso reduzisse o PME para 70 dias e o PMC para 50 dias, e aumentasse o PMF para 45 dias.

O ideal para uma empresa seria ter um ciclo de caixa negativo, ou seja, ter um ciclo operacional menor do que o PMF, ou seja, a empresa consegue receber antes de seus clientes do que pagar aos seus fornecedores. Entretanto, esta situação raramente encontrada na realidade. Como na grande maioria dos casos a empresa vai enfrentar ciclos de caixa positivos, estes devem ser mantidos nos menores níveis possíveis. Neste sentido, Gitman aponta algumas estratégias que devem ser usadas:


1.                 Aumentar o giro dos estoques, ou seja, vender mais, diminuindo o PME;
2.                 Adiantar a cobranças das vendas a prazo, minorando o PMC;
3.                 Negociar com os fornecedores para efetuar o pagamento mais tarde possível, desde que não haja incidência de  juros, aumentando o PMF.

Outras questões:

Uma empresa paga aos seus fornecedores no 10º dia após a compra. O PMC é de 30 dias e o PME é 40 dias. O investimento no ciclo operacional é de R$ 18 milhões. A empresa está estudando um plano para aumentar o PMF em 20 dias. Se a empresa paga 12% a.a em seus financiamentos, que economia anual pode ser realizada com este plano?

Como você deve ter observado, uma redução no investimento no ciclo operacional impacta diretamente na redução da necessidade de capital de giro. Quanto maior o ciclo operacional, maior a necessidade de capital de giro e maior o risco da empresa em tornar-se insolvente.

O exemplo abaixo, retirado do livro Finanças Corporativas e Valor,  já foi resolvido em nossas aulas sobre capital de giro.  Supondo que o PME, o PMC e o PMF sejam alterados para 55 dias, 30 dias e 10 dias, respectivamente, calcule a nova necessidade de capital de giro, mantendo os demais dados inalterados.

 




2 comentários:

  1. Gente, pra quem tem interesse ou precisa de um software pra gestão financeira de empresas e construção do fluxo de caixa eu recomendo http://www.zeropaper.com.br, é gratuito e bem fácil de usar.

    ResponderExcluir
  2. Tem como mandarem um exemplo de caso hipotético em que um dos meus prazos médios de 0?
    Podem mandar no meu e-mail: masvbrasil@gmail.com

    ResponderExcluir